O que é TDAH?

O que TDAH não é


TDAH é uma condição neurocomportamental reconhecida medicamente. Existem muitos mitos e mal-entendidos sobre esta condição, e nós estamos aqui para esclarecer isso:

  • TDAH não é uma “doença infantil”.
  • TDAH não é causado por maus pais ou maus professores.
  • Os sintomas de TDAH podem afetar uma pessoa na escola ou no trabalho, mas o TDAH não é classificado como um transtorno de aprendizagem.
  • TDAH não é uma “desculpa” para padrões de comportamento incomuns.
  • Uma pessoa não tem TDAH simplesmente porque ele ou ela torna-se distraído ou se engaja em comportamento impulsivo.1
  • TDAH não significa que você é uma pessoa má.
  • TDAH não é algo que você possa “se livrar”.
  • TDAH não tem uma influência sobre o nível intelectual de uma pessoa.
  • Pessoas com TDAH se preocupam com as consequências.

O estigma do TDAH

Lidar com a crença de outras pessoas no TDAH pode ser um desafio, especialmente quando há muita desinformação sobre o TDAH na internet. Muitas pessoas com TDAH e suas famílias desejam uma melhor compreensão do público sobre a condição, para aliviá-los do estigma e das suposições negativas que podem vir com um diagnóstico de TDAH.2 Armar-se com o conhecimento sobre o que é  o TDAH- e o que ele não é – pode ajudá-lo a lidar com as percepções de outras pessoas e melhorar a compreensão e tolerância da condição.

O que fazer se você pensa que você ou alguém próximo a você tem TDAH

Se os sintomas descritos aqui soam semelhantes ao que você ou alguém que você gosta está enfrentando, fale com um profissional médico ou de saúde.  Você pode não ter TDAH, mas o seu médico será capaz de apoiá-lo e ajudar a desenvolver um plano para atender às suas preocupações.

Se você acha que um ente querido pode estar experimentando sintomas semelhantes aos descritos aqui, você pode falar com um profissional de saúde. Esta conversa vai lhe dar mais informações, para que possa elaborar um plano para ajudar a incentivar o seu ente querido a procurar aconselhamento médico. Muitas pessoas estão desconfortáveis com o rótulo de TDAH, porque não entendem a condição. Portanto, quaisquer conversas iniciais com o seu ente querido não devem discutir o TDAH diretamente, mas concentre-se na idéia de obtenção de apoio para os sintomas.  Um profissional de saúde é a melhor pessoa para discutir o TDAH como uma condição e fornecer um diagnóstico. Tenha em mente que não existe um teste simples para TDAH, e um número de outras condições podem ter sintomas semelhantes a TDAH.

Mantenha-se informado