Diagnóstico

Expectativas pós-diagnóstico


Medicação não “cura” o TDAH

Muitos pais de crianças com TDAH e os próprios pacientes acham que seus sintomas podem ficar sob controle com a quantidade correta de medicação. A maioria, no entanto, irá carregar alguns ou todos os sintomas para a vida adulta e, como resultado, terão que desenvolver maneiras de viver com esta condição.

Os efeitos da medicação serão monitorados

Nas fases iniciais de tentativa de medicação, é normal que seu médico lhe pergunte sobre os efeitos da medicação em você, para que estes possam ser monitorados. Do mesmo modo, altura, peso e pressão sanguínea podem ser rotineiramente medidos pelo médico.

Mantenha-se informado